Deixe de ser tão exigente consigo mesma - Marcia Gonçalves

Ir para o conteúdo

Menu principal:

BLOG
Deixe de ser tão exigente consigo mesma



Você se exige demais?
Quando exigimos demais de nós mesmos irrealisticamente, passamos a sentir-se na devida obrigação de cumprir.
Dessa forma, acabamos se sentindo como pessoas frustradas e inúteis pelo não cumprimento de nossas tarefas ou deveres.  
Importante também notar que se motivar é algo bem diferente de se cobrar excessivamente.
Quando você passa a exigir coisas de você, mas na intenção de não ficar presa ou acomodada no mesmo lugar, tudo bem, pois esse exigimento é saudável.
Em contrapartida, quando passamos a ser exageradamente exigente com nós mesmos querendo alcançar coisas irrealistas como a perfeição, corremos sérios riscos de desenvolver uma patologia, que no lugar de ajudar com o seu crescimento pessoal, apenas irá lhe gerar conflitos consigo mesma e com terceiros.
Uma pessoa que é muito exigente consigo mesma costuma também a se comparar constantemente com outras pessoas, mantendo sempre o foco naquilo que falta para elas, ou até mesmo naquelas coisas que as mesmas poderiam ter conseguido conquistar, mas não o fez.
O fato é que sempre se sentiremos inúteis e fragilizados enquanto buscarmos excessivamente pelo perfeccionismo, uma vez que nada pode atingir a perfeição.
O problema do perfeccionismo é que as pessoas se exigem a conseguir realizar a execução de algo em um nível complicado demais para cumprir.
Tenha uma meta e um bom planejamento, coloque todas as suas energias em cada ação que precisar realizar para conseguir conquistar esta meta, reconheça todas as vezes que você tiver que resistir a tentações ou conflitos para atingi-la.
Se você não vai bem na carreira profissional, por exemplo, dê valor a qualquer coisa que possa melhorar sua carreira, cursos, especializações, etc.
Já se seu problema é com a organização do lar ou por não conseguir cumprir com seus compromissos, ao invés de exigir-se tanto, estipule mais uma vez uma meta.
Desse modo, comemore tudo, exemplo: Se o seu problema é a má organização, comemore cada cômodo que você conseguiu limpar.
Deixe de tentar atingir todos os seus objetivos de uma única vez.
É valorizando as pequenas coisas que você conseguirá ter motivação para seguir em frente.
Além disso, pessoas de baixa autoestima geralmente são as mesmas que estão insatisfeitas ou frustradas por estarem dentro de uma situação da qual não gostariam de estar.
Um exemplo, pessoas sem autoestima geralmente são pessoas que estão com o corpo fora de forma, e que gostariam de ter um corpo mais bonito e saudável.
Enquanto outras, ocupam um cargo mais baixo daquele que eles acreditam que deveriam.
Enquanto isso, se tornam apenas um espectador do sucesso alheio em redes sociais.
Não há problema em ter ambições e querer algo a mais, no entanto, focar nesses aspectos negativos nos fazem experimentar sentimentos de insucesso, depressão e angústia.
Contudo, a dica de criar pequenas metas pode lhe ajudar a reverter esta questão.


 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal